Champagne ajuda a memória

Estudos apontam que champagne pode ajudar a memória

O vinho tinto já conquistou os médicos pelos seus poderes antioxidantes e outros benefícios à saúde, agora chegou a vez dos espumantes e champagnes.

Os estudos

Uma pesquisa realizada em uma universidade britânica provou que a bebida melhora a memória espacial e ajuda a gravar novas memórias. Além de neutralizar a perda de memória associada ao envelhecimento, e ainda pode ajudar a retardar o aparecimento de doenças degenerativas do cérebro, como a demência.

É GRÁTIS... Fique Atualizado!

Insira o seu e-mail e nome abaixo para receber dicas gratuitas sobre vinhos!

Tais benefícios se originam de polifenóis, que são encontrados nas uvas vermelhas de alguns espumantes. Champagne possui níveis relativamente elevados de compostos fenólicos, em comparação com os vinhos brancos, pois derivam predominantemente a partir de duas uvas tintas, Pinot Noir e Pinot Meunier, juntamente com a uva branca Chardonnay.

O consumo regular e moderado traz benefícios à saúde

Pesquisadores da Reading University testaram a bebida em ratos. O teste fez metade dos animais ingerir a bebida com o jantar e a outra metade não. Depois, os animais foram colocados em um labirinto em busca de comida e, cinco minutos após serem retirados de lá, foram colocados novamente no labirinto. O objetivo era ver quais lembravam melhor do caminho.

Os benefícios

O resultado trouxe a comprovação: 70% dos roedores que ingeriram o champagne acharam a trilha, contra 50% dos ratos que não receberam a bebida. Depois de consumir durante seis semanas espumantes no jantar, os animais apresentaram um aumento de 200% nas proteínas que ajudam na retenção de memória.

O Professor Jeremy Spencer,  do Departamento de Alimentos e Ciências Nutricionais, da Reading University, afirmou: "Estes resultados podem ilustrar pela primeira vez, que o consumo moderado de champagne tem o potencial de influenciar o funcionamento cognitivo, como a memória. Tais observações foram relatadas anteriormente com vinho tinto, também por meio das ações de flavonóides contidos nele”. 

Os estudos apontam que os efeitos são válidos apenas para o consumo moderado, sendo de uma a três taças por semana. Vale lembrar que é necessário que o champagne ou espumante tenham uvas vermelhas em sua composição.

Busca por assuntos: Dicas Champagne

 

É GRÁTIS... Fique Atualizado!
Insira o seu e-mail e nome abaixo para receber dicas gratuitas sobre vinhos!

Buscar